quinta-feira, 31 de março de 2016

Caçadores dos fios perdidos

1. Quantas vezes  você não virou a casa do avesso a procura 'daquele fio que comprou no ano retrasado', para fazer aquela blusa, daquele site....?
2. Quantas vezes você já comprou um mesmo fio, exatamente da mesma cor, só porque podia 'jurar' que não tinha 'aquela cor linda daquele fio maravilhoso' no seu 'estoque' e aí, meio por acaso achou 3 pacotes do dito cujo, fechadinhos,  entuchados em algum canto?
3. E o que falar do bololô de agulhas 'guardadas' numa caixa de sapato que quase foram pro lixo porque você resolveu organizar o 'buraco negro' onde 'guarda' suas tralhas 'tricotísiticas'?

Se você respondeu 'sim' a  pelo menos uma das perguntas acima, é sinal que logo se tornará protagonista do grande sucesso de bilheteria entre as tricoteiras: Os Caçadores dos fios Perdidos, com direito a trilha sonora e tudo.

E antes que precise fazer um tratamento de choque para evitar entrar nas estatísticas alarmantes da síndrome TAF (Tricoteiras Acumuladoras de Fios) é bom pensar na possibilidade de organizar seu arsenal.. Imagina só você precisar de uma 'intervenção' para descobrir que fios em excesso podem causar danos a sua saúde (principalmente do seu bolso)....
Quem nunca 'viajou na batatinha' ao ver fotos como esta,  que atire o primeiro novelo!
E aí vem aquela vontade louca de comprar tudo só prá depois ficar olhando deslumbrado e sussurrando

Brincadeiras a parte, a verdade é que toda tricoteira arteira que se preza é louca por fios, agulhas e toda sorte de tralhas relacionadas ao tricô.


E para evitar as 'camas de gato' com seus fios, nada melhor se manter seu estoque organizado.

Por experiência própria acredito que é sempre melhor guardar fios em locais fechados, livres de poeira, fumaça, pelos de bichos.

Se você tem espaço, que tal um armário, só seu para armazenar seus novelos em pacotes plásticos separados por marca e cor.

Como este não é o meu caso, meus preciosos 'moram' em caixas plásticas, sacos plásticos para embalagem e fechados com seladora e sacos com fechamento à vácuo (sem tirar totalmente o ar), caixas recicladas de papelão revestidas com tecido e malas.

           (aqui term um vídeo ótimo, sem som chato, mostrando como forrar caixas)

Não posso dizer que está tudo organizado porque estaria mentindo, mas consigo achar com certa facilidade aquilo que procuro.

Mas afinal, por onde eu começo, deve ser a pergunta que está se fazendo, depois de constatar que esta prestes a um ataque de TAF?

Antes de sair comprando toda uma parafernália de sacos e caixas para guardar tudo, estabeleça um cronograma de arrumação. Sim, você vai precisar de tempo e paciência.

Comece pelo que está mais a mão ou mais fácil de acessar.
Escolha um  (ou vários) jeito que lhe seja  conveniente para guardar tudo arrumadinho, limpinho,  e mãos a obra:

Se tiver conta no Ravelry  aproveite para cadastrar tudo lá, mesmo que tenha mais de 200 tipos de fios.
O blog maravilhoso da linda Valéria Garcia tem um super, mega tutorial de como fazer esta catalogação,  sem mistérios. Tudo traduzido, e super bem explicado.

Se não quiser chegar neste grau de 'sofisticação', ao menos organize-se seguindo uma linha de raciocínio: separar os fios por marca, cor e espessura, 'agrupando lé, com lé' costuma funcionar muito bem. Para aqueles novelos 'filhos únicos' use o mesmo princípio, só que separando por marca e espessura.

Neste primeiro momento deixe as bolinhas, sobrinhas e trabalhos começados fora da organização. 

Escolha um lugar para guardar provisoriamente tudo o que já foi organizado. Se for necessário (no caso de caixas forradas), etiquete a caixa com números e anote num caderno ou outro lugar que preferir (eu tenho um controle básico no computador) do que tem dentro de cada caixa.

Vencida esta primeira batalha, descanse um dia e recomece o processo em outra frente  mais difícil de acessar,  e assim por diante. Dependendo do seu 'acervo', em menos de 15 dias você consegue arrumar tudo.

Evite neste 2º episódio manusear aqueles fios antigões que talvez estejam em locais empoeirados  ou com cheiro de guardado. Sobre isso vou falar numa próxima vez porque afinal, ninguém é de ferro.

Parafraseando uma tricoteira arteira muito querida, vou parar por aqui dizendo em alto e bom som: Que a Força dos fios esteja com Você!

Boa arrumação, bom tricô e até a próxima!




14 comentários:

Anônimo disse...

Essa que compra fios por que não sabe o que tem era eu num passado nem tão distante assim :).
Meus fios estão guardados em caixas de maçã encapadas com chitão e devidamente registrados no Ravelry. A vida fica muito mais fácil. Adorei as músicas rsrsr

Dirma

Unknown disse...

Minha cara Milady,
como sempre seu texto super agradãvel, divertido e muito ~util.
Meus preciosos tamb~em sao guardados com muito cuidado, etiquetados, agrupados por tipo de fio, protegidos da poeira, mas durante o manuseio nem tanto dos pelos...
Muito bom voce ter voltado a ativar o blog, ~e sempre um prazer ler seus posts.
EU TENHO O FIO! QUE O FIO ESTEJA COM VOCE! bjus.

tricoemprosa.com disse...

Grace, flor!

Adoro suas publicações, seus temas são sempre oportunos!
Há muito tempo eu tento ter apenas um baú de fios. Mas
não consegui. Extrapolei mesmo. Sempre que posso eu procuro
organizar os fios. Adorei suas dicas!

Muito obrigada por mencionar o tutorial do Ravelry que
foi escrito com muito carinho.

Beijocas,
Valéria Garcia

donavera disse...

Grace, vc é maravilhosa!

Ri de chorar porque eu estou aí nesse texto..
Mas sou levemente organizada, viu?
Tb tenho minhas caixas transparentes..
Mas é claro que cada vez que resolvo fazer algo, nunca acho um fio que preciso e meia hora depois, parece que passou o Katrina pelo quarto...kkkk

Abraço apertado!
Véra Barone

Bete Anes Seloti disse...

Muito eu, ����������
Eu guardava em caixas transparentes, mas a cousa cresceu tanto (sim fico olhando e admirando) que pedi para o marido uma cama queen com baú embaixo. Já organizei, já cataloguei, já baguncei, rsrsrs
Esse tecto foi ótimo, vou dar um pulo no Ravelry, bjuuuuu

Miriam Nakutis disse...

Grace, saudades! Como sempre sensacional! Parabéns! beijo

Daiane disse...

Olha, eu gosto de ter tudo cadastrado no raverly porque fica mais fácil caçar receitas apropriadas com os fios.

E tudo isso sem ter que pegar o fio na mão (já que tenho foto de tudo)

Aí dá até pra guardar no forro a caixa embalada com os fios e só pegar direto o que precisa, quando precisa!

Eliana disse...

Meses sem comprar um novelo!Eu tenho a força,digo o fio,os fios, montes deles,rssss
Mas tudo razoavelmente organizado...até a próxma procura....e arrumação....e procura...não,não termina nunca

Denise Bruno disse...

Grace, adorei as dicas. Eu tinha tudo em caixas transparentes. Agora, ganhei do marido as estantes que ele guardava os vinis (ficou pequena para ele). As colocamos na vertical, mandei fazer uma persina com blackout, para evitar luz. Já consegui agrupar por espessura. Agora vou separar nos saquinhos por marca e cor, ao mesmo tempo que incluo no Ravelry o que ainda não foi registrado lá. Abraços

sonia mara disse...

Como sou desorganizada, arrumei uma parte, só não sei, catalogar ( é por fio, espessuras, marca) e como se coloca no Ravelry?, estou sendo verdadeira, Esta síndrome, me pegou de jeito. Texto maravilhoso. Um abração.

arlete disse...

Também dei uma organizada nos fios guardei em um armário e caixas transparentes,obtei por doar vários novelos porque cheguei a conclusão que nunca iria usa los.

sonia mara disse...

Oi Grace, foi um texto, que tocou bem lá no fundo, esta sou eu...
Muitos, vou fazer o "Desapego" São fio da Linea Itália, comprar por
compulsão. (achava bonitinho, e lá ia fazer umas comprinhas) Tenho -
que fazer isto, pra ver se a minha vida desanda, Muito obrigada, mesmo.
Um grande abração.
Sonia Rücker.

sonia mara disse...

Mandei recado, sobre o texto, minha duvida...
Será que recebeu.
Obrigada.

Milady disse...

Sonia,
No blog da Valéria Garcia, Trico em Prosa, tem um tutorial em Portugues, super bem explicado sobre como usar tudo do Ravelry. Leia com calma que vc. vai conseguir catalogar seus fios http://tricoemprosa.com/tutorial-do-ravelry/
Um abraço e obrigado por prestigiar o blog.