terça-feira, 4 de novembro de 2014

Senta que lá vem conversa.....

Há um bom tempo eu estava querendo tecer um vestido pra mim, mas não sabia exatamente qual receita seguir.
Aí descobri esta beleza aqui: http://www.ravelry.com/projects/fadenstille/sun-ray-design-2 que é uma adaptação da receita de uma  toalha do livro First Book of Modern Lace Knitting da Marianne Kinzel 
Como eu tenho o livro, não pensei duas vezes em pedir algumas dicas para a pessoa que teceu o vestido e ela prontamente me respondeu.
Resolvi ‘testar’ o modelo com um fio bem mais grosso do que o usado na receita original e que estava na minha caixa de guardados preciosos.
Como no rótulo não tinha a metragem do fio fiquei na torcida para não faltar bem no final.

Para ter certeza que não iria ficar na mão comecei o vestido na linha da cintura, em direção à barra.
Fiz uma montagem provisória com agulha de crochê, teci 2 voltas em meia antes de iniciar o trabalho rendado na volta 95 do gráfico D, com 8 repetições.
A saia foi tecida com agulhas 3,5 e 3,75mm.
O corpo foi tecido da cintura em direção ao decote com ag..3,5mm e em ponto meia.
Fiz alguns aumentos (24 aumentos, sendo 4 aumentos a cada 6 carreiras) nas laterais para obter a largura que precisava na linha do busto.
Usei as explicações deste modelo http://www.ravelry.com/patterns/library/a-line-dress 
para o decote,
O acabamento nas cavas foi feito em barra 1x1 (4 carreiras) e arremate tubular
No decote também teci  o acabamento em barra 1x1 (6 carreiras) e fiz os cantos chanfrados.



Depois de tudo  devidamente tecido, finalmente havia chegado a 'hora D'.; a modelagem da saia para 'abrir' o rendado
Por causa da composição do fio é viscose e acrílico não dava simplesmente prá lavar, esticar e deixar secar.  O rendado precisava de 'calor' direcionado para manter a forma depois de seco. Como não confio da 'firmeza da minhã mão para aguentar o peso do ferro a  vapor, apelei para  o bom e velho secador de cabelos. Sequei pedaço por pedaço com a maior paciência.

Lindo! Ficou perfeito! Do jeitão que imaginei, mas.... ainda faltava arrematar os fiapos resultantes das  emendas dos 3 novelos que gastei para todo o vestido e outros 'penachos'.
Haja paciência.

Vestido pronto, modelado, arrematado e nada de encontrar um forro .
Virei uma dezena de lojas de lingerie atrás de uma combinação que me servisse e que fosse pelo menos numa cor possível de ser tingida  (Poliamida é fácil de tingir com corante Vivacor ) e nada.
Conversei com uma costurei e ela queria me cobrar um absurdo prá fazer uma anágua básica, já que havia desistido da combinação. (Um tubo fechado com overlock , elástico na cintura e overlock na bainha). Desisti.
Voltei a fazer a minha peregrinação por lojas de lingerie populares na região do Brás e. quando já estava quase desistindo achei!!!! Uma anágua, quase da cor do vestido.
Para evitar que o elástico da cintura marcasse no vestido preguei uns ganchinhos de alça de sutiã no cós da anágua e fiz umas aselhas em linha na parte interna da base do sutiã que ia usar com o vestido. Meu jeito 'MacGyver' funcionou totalmente a contento e finalmente pude desfilar meu modelito....
Coisa boa é tecer algo que nos deixa feliz!


Gostei tanto do resultado que já estou planejando tecer outros modelitos ainda para o verão que se aproxima.
Já estou com outro nas agulhas, mas isso é papo prá outro dia.







15 comentários:

Anônimo disse...

Lindo!!!
Dirma

tricoemprosa.com disse...

Não me canso de admirar!
Ficou fabuloso, Grace!

Beijocas,
Valéria Garcia

Anônimo disse...

Milady, um vestido assim... e ainda vai fazer outro... vc é simplesmente gloriosa na tricotagem... benza-te Deus.
abraço / Ana

Sônia Aparecida disse...

ficou lindo! amei! lembro dessa linha, faz bastante tempo que não vejo nos armarinhos

abraços,
Sônia Aparecida

Marico disse...

Eu vi de perto no encontro e garanto que ficou uma beleza.
Parabéns, Grace!

bjs

Ana disse...

Ficou lindo seu vestido, parabéns!!!

Judy disse...

Muito, muito elegante!
Que venham outros tão lindos e perfeitos.

Abraço,

disse...

Menina!! eu não tinha visto isso! Primeiro vestido em tricô que realmente gosto. Ficou absolutamente perfeito!! Super bem assentado. Parabéns!
Gostei dessa sua ideia dos ganchinhos pra anágua kkk genial.
As fotos ficaram ótimas.

bjinhos

Roberta Mendes disse...

Olá amiga, passando para lhe deixar um poeminha de Quintana, espero que gostes, nem preciso dizer o quanto adorei teu vestido e o teu trabalho de conclusão para que esta peça seja única, parabéns , beijokas.
Os poemas são pássaros que chegam
não se sabe de onde e pousam
no livro que lês.
Quando fechas o livro, eles alçam vôo
como de um alçapão.
Eles não têm pouso
nem porto;
alimentam-se um instante em cada
par de mãos e partem.
E olhas, então, essas tuas mãos vazias,
no maravilhado espanto de saberes
que o alimento deles já estava em ti..

Não esqueça de visitar meu blog - Tita Carré - crochet

Ana Silveira disse...

Parabéns, ficou maravilhoso!!!!
Fiquei com uma coceirinha em me aventurar.
bjs...

Miriam Nakutis disse...

Amiga, saudades de você. Não imagina como fiquei feliz em saber que vc estará em Curitiba no Congresso. Infelizmente não poderei ir mas de antemão sei que vc fará o maior sucesso.Olha, vc está linda, liga pra mim se ainda tiver meu fone. grande beijo

Eliane disse...

Ficou fantástico!!!
Parabéns!!

Nini disse...

Que lindo este vestido. o resultado ficou ma-ra-vi-lho-so! Parabéns.

Danielle Favero disse...

Olá seu blog é maravilhoso jah estou curtindo quando der passa no meu http://danielleartecroche.blogspot.com.br/

Anônimo disse...

Boa noite:

Seu vestido ficou lindo demais, mas o que me encantou é que quando aprendi a tricotar, metida demais, quis logo fazer uma blusa de frio para minha irmã e o fio escolhido foi esse. Um tom de azul exuberante cujo resto ainda guardo...Saudades demais de quando era mais audaciosa e corajosa. Foi muito bom relembrar. Obrigada por compartilhar sempre conosco e nos levar a viagens tão belas como a que experimentei agora!

Beijos e Parabéns!!!!

Lili Dias