terça-feira, 12 de agosto de 2014

Como nossas agulhas mudaram

Lá em 2008 fiz uma postagem 'bombástica' falando sobre kits de agulhas circulares e seus preços malucos para o bolso da grande maioria naquela época.
Felizmente ao longo desses anos muita coisa mudou em termos de disponibilidade de bons materiais aqui no Brasil.
Atualmente é possível encontrar por aqui muita coisa importada de alta qualidade e com pagamento facilitado, o que é uma mão na roda para quem precisa de boas agulhas e não tem grana para investir de uma tacada só.
Lá em 2008 a grande sensação saiu da empresa alemã Addi que 'revolucionou' o mundo das agulhas de tricô intercambiáveis quando lançou  o kit de agulhas Addi Click Turbo de metal.


Logo depois, atendendo a pedidos das tricoteiras chegadas num 'fio de cabelo' em forma de fio para tecer suas artes, a Addi lançou a Addi Click Lace de metal, com suas pontas  maravilhosas para trabalhos rendados e junção perfeita entre a agulha e o cabo.

Como os alemães não são nada bobos em matéria de 'evolução tecnológica' e globalização, rapidinho uma outra empresa alemã, a Knit Pro International, implementou a venda dos seus produtos em âmbito mundial,  a partir de 2006, agitando o mercado  de agulhas circulares fixas e/ou intercambiáveis. Antes de 2006, as agulhas KnitPro eram comercializadas apenas no Canadá e Estados Unidos com a marca KnitPicks
A gama de produtos da KnitProTM é para enlouquecer qualquer arteira das duas agulhas..
Tem kit de vários materiais, agulhas fixas, agulhas quadradas e até de fibra de carbono.
Literalmente uma tentação.
Kit de metal


Kit de madeira
kit de fibra de carbono

quadrada de madeira

Recentemente ganhei 2 kits da KnitPro, um de metal e outro de madeira e sinceramente não sei dizer qual é melhor. Também ganhei uma agulha fixa de carbono e a danada é uma 'coisa' de leve. Parece que você está tecendo com 'nada' nas mãos....
Tanto os kits e agulhas fixas da Addi como também  os kits e agulhas fixas da KnitPro podem ser adquiridos aqui no Brasil em lojas online super sérias como a Novelo na Rede, Bazar Horizonte, Pintar e Bordar e Empório das Lãs.

Recentemente descobri uma novidade em matéria de agulhas chinesas top de linha que também estão sendo comercializadas no Brasil: agulhas fixas e kits de bambu e metal da Chiagoo . Não testei ainda, mas já ouvi maravilhas sobre as agulhas.

Além das marcas disponíveis por aqui ainda tem um monte de 'coisas novas' disponíveis lá fora. Marcas como a HiyaHiya e Signature ainda não são comercializadas no Brasil, mas não vou me espantar se logo estiverem a venda por aqui.

Tudo muito bom, tudo muito bem, mas a grana não dá pra tanto? Eu uso e recomendo as agulhas circulares fixas da Aslan, principalmente nas numerações a partir do 6,0mm. Elas são baratinhas e quebram um super galho. É legal comprar agulhas com 80 ou 100cm de comprimento porque elas servem prá tudo, inclusive gorros (usando a técnica do laço mágico). Com menos de 50 reais você monta um 'kit' com todas as espessuras disponíveis e ainda fica com o troco.

Não falei nada sobre agulhas retas porque não uso de nenhuma marca faz muito tempo. Aliás as únicas agulhas retas que uso, são do jogo de 5 agulhas para fazer meia.

Ainda não se rendeu aos benefícios de usar agulhas circulares para todo e qualquer tipo de  trabalho, então tente tecer, por exemplo uma manta, com fio grosso, usando agulhas retas.
E o que dizer de um suéter masculino?

Se, definitivamente agulhas circulares são um tabu pra você, então tá.
Mas pelo menos descarte aquelas agulhas de plástico com as pontas quebradas e terminal faltando.
Agulha de tricô boa é aquela onde seu trabalho desliza sem dificuldades  não enrosca nem no começo, meio ou fim.
Tenho certeza que sua vida de tricoteira arteira vai melhorar uma barbaridade.







7 comentários:

Denise Marinho disse...

ainda não sei se gosto de tricotar pelo resultado do trabalho ou se gosto de ter contato com a lã (fio natural natural) e a gulha (de madeira).

As minhas retas são de ébano e as circulares (que são as que uso de verdade) são de rosewood.

Não tenho como dizer quão prazeroso é o tempo que passo com meus tricos! :D

Milady disse...

Oi Denise,
Se vc. gosta de fio natural e agulhas de madeira, então precisa experimentar tecer algo com fio 100% seda.
Eu recomendo este aqui: http://www.ravelry.com/yarns/library/pierrot-yarns-silk100-lace
Não é barato, mas vale cada centavo
Se vc. não encara um fio tão fininho, eles tem duas versões mais grossas http://www.ravelry.com/yarns/library/pierrot-yarns-silk100-fingering e http://www.ravelry.com/yarns/library/pierrot-yarns-silk100-sport
Obrigado por seu comentário e por sua visita.

Marico disse...

Ótimo post, agora estou investindo em agulhas de qualidade, para quem tricota muito como eu acho que vale a pena. Nada melhor do que trabalhar com um bom material.

bjs

tricoemprosa.com disse...

Grace, eu também não uso agulhas retas há muito tempo. Na última vez que usei, o plástico impedia os pontos de escorregarem. Não sofro mais.

Eu não tenho nenhum kit porque é muito raro ter mais de uma peça em andamento. Mas pensei seriamente em comprar o kit Addi Long Lace (http://www.skacelknitting.com/s.nl/it.A/id.11277/.f) só porque tem um furo para passar o fio de segurança enquanto tricota. Achei a idéia ótima!

Em geral me viro muito bem com as agulhas circulares longas (1 metro ou mais) e os jogos de cinco agulhas de pontas duplas.

É tão fácil ser feliz :-D

Beijocas,
Valéria Garcia

Eliana disse...

Eu ainda estou no "treinamento" pra fazer tricô circular.Tenho as fixas e as intercambiáveis e me atrapalhei bastante nas primeiras tentativas - a cabeça não ajuda.Mas só de nem pensar emendas,uau!

Sônia Aparecida disse...

olá boa tarde!
amo esses xales sei fazer um pouco de trico consigo copiar as receita, mas nunca fico contente com o resultado final da peça, porque não entendo muito de fios, aqui em Goiânia-GO, por ser muito quente não tem essas fios se tem eu ainda não encontrei e ainda não aprendi a fazer substituição, por isso faço mais croche as linhas de algodão é mais fáci de encontrar.

bjs.

Milady disse...

Oi Sonia,
Xales de tricô ficam maravilhosos tecidos com algodão tipo linha Anne, Camila Fashon, Bella e até o Duna.
Olha que lindo ficou o xale marajó tecido com linha Anne aquii: http://www.ravelry.com/projects/Dai-daiane/marajo-shawl
http://www.ravelry.com/projects/ritaguaruja/marajo-shawl
A maioria dos meus projetos são perfeitos para tecer com algodão, afinal moramos no Brasil, né.
Um abraço e obrigado por sua visita e comentário