terça-feira, 4 de novembro de 2008

O tempo não pára e nem o tricô

(Este é Kim meu fiel escudeiro e gato muito amado, companheiro em todas as horas)

Quando criei este blog a mais de um ano atrás, não tinha a menor idéia qual seria a repercussão das minhas postagens e muito menos imaginava o quão trabalhoso seria manter um blog atualizado, com temas relevantes e de interesse para quem gentilmente visita este espaço.
De repente, nas últimas semanas simplesmente perdi o rumo e o ânimo de escrever. Ainda por cima fui acometida por alguns problemas de saude que minaram minhas energias. Coisa triste é de repente se ver quase imóvel numa cama.
Hoje acordei sentindo menos dores e resolvi arricar algumas tecladas, afinal, o blog não fechou e sou dura na queda....
Na minha última postagem estava falando sobre agulhas, mais precisamente kits de agulhas. Com a alta do dólar alguns destes objetos do desejo de muitas tricoteiras-arteiras se tornaram ainda mais distantes da nossa realidade, mesmo sabendo que uma boa agulha pode ajudar e muito o bom andamento de nossas artes.
Fui gentilmente avisada pela Maria Inês que o valor informado para o kit de agulhas Tulip vendido na Tricolândia era muito maior do que o praticado pela Telanipo (mais precisamente R$ 239,00 por meia dúzia de agulhas). Absurdos e discrepâncias à parte, fico a me perguntar quantas pessoas podem realmente dispor de quase metade de um salário mínimo ou mais para comprar agulhas de tricô? E a resposta é simples: uma minoria. Mas será que pelo fato de não se poder comprar estes mimos vamos ter que abrir mão de nossas artes? Claro que não.
Minhas agulhas favoritas são de metal e tenho algumas Prym-Inox alemãs que acho simplesmente imbatíveis e que eram as agulhas usadas pela mestra Elisabeth Zimmermann.
Mesmo dispondo do kit Boye ,tenho agulhas de bambú compradas no ebay que também quebram um bom galho, principalmente nos trabalhos com fios mais grossos. Além dessas agulhas, tenho ainda uma pequena coleção das agulhas circulares vendidas pela a Aslan e umas antigonas da Plastifama que vira e mexe são usadas como prentedoras de pontos.... Como não uso agulhas retas, as poucas que me restaram estão guardadas e logo serão doadas.
Atualmente meu objeto do desejo são as agulhas Prym Inox Express. Com preços bem mais acessíveis que as famosas Addi e com qualidade similar, também são em metal niquelado e com o fio de ligação bem flexível e juntas perfeitas.. Para quem se interessar elas podem ser adquiridas online em várias lojas nos USA e também na Europa. Mesmo com o dólar em alta, o custo benefício, para quem realmente quer qualidade a um preço pagável vale a pena fazer um pequeno investimento.

No mais, continuo minha busca por fios diferentes para novos projetos. Na verdade já encontrei uma alternativa muito interessante para o famoso barbante e minhas agulhas já estão tilintando no desenvolvimento de uma receita de bolsa. Os fios da H Marin prometem fazer história por sua qualidade e por seu apelo ecológico.
E para não dizer que a inpriação anda em baixa, tem receita nova no arquivo das receitas de Milady. Fire Frisson é um casaqueto top down tecido com um fio (algodão e viscose) perfeito para o nosso clima. Uma receita básica que você tecer bem rapidinho. Aproveite a idéia e use outros pontos na base do casaco. Você vai se surpreender com o resultado.

18 comentários:

KATIA disse...

Olá Karen!
Nossa quanto tempo! Espero que você esteja melhor.
Passo por aqui quase todos os dias e não via a hora de uma atualização.
Desejo a você uma boa recuperação e bons tricots.
Beijos
katialoconte@hotmail.com

Cantinho da Hakathi disse...

Karen querida, estimo melhoras imediatas, pois assim teremos novidades sempre!!!
Se formos pensar nos preços praticados por artigos de extrema necessidade para a execução de um trabalho, fico imaginando se já é difícil cobrar pela "mão-de-obra", imagine quando irá se recuperar o investimento que por fim beneficia a todos????
Já não faço contas no que diz respeito a isso aqui no meu cantinho... faço de tudo para não peder a qualidade e para não fugir às características apresentadas, mesmo absorvendo mais e mais encomendas! Pois no final, meu trabalho é único, fiz com maior conforto e presteza... ficando assim ambas(eu e minha cliente) satisfeitas!!!
Força amiga, precisamos sim de alternativas e de pessoas que possam nos orientar em nossos trabalhos!!!
E você é uma delas!!!
Bjs

Nat disse...

ola...quem fabrica e onde a gente encontra esse fio arte soft do casaqueto??? que bom que voltou...vc faz falta...fique bem...beijoka.
Nat

Elaine disse...

Que delícia ter vc.de volta,espero q.a cada dia vc.melhore..parabens pelo assunto sempre tão envolvente e preciso,vc,é otima conhecedora d
o assunto.bjs,
Elainejbm@hotmail.com

Véra disse...

Oi Karen,
Escolhi um texto prá vc, pois tenho certeza que muita gente como eu, mesmo sem conhecê-la, morre de saudades dos seus escritos e de suas lições.
Nós precisamos de vc!
Fica bem,
Kisses
Véra

Precisa-se

De pessoas que tenham os pés na terra e a cabeça nas estrelas.

Capazes de sonhar, sem medo dos sonhos.

Tão idealistas que transformem seus sonhos em metas.

Pessoas tão práticas que sejam capazes de transformar suas metas em realidade.

Pessoas determinadas que nunca abram mão de construir seus destinos e arquitetar suas vidas.

Que não temam mudanças e saibam tirar proveito delas.

Que tornem seu trabalho objeto de prazer e uma porção substancial de realização pessoal.

Que percebam, na visão e na missão de suas vidas profissionais, de suas dedicações humanistas em prol da humanidade, um forte impulso para sua própria motivação.

Pessoas com dignidade, que se conduzam com coerência em seus discursos, seus atos, suas crenças e seus valores.

Precisa-se de pessoas que questionem, não pela simples contestação, mas pela necessidade íntima de só aplicar as melhores idéias.

Pessoas que mostrem sua face de parceiros legais.

Sem se mostrarem superiores nem inferiores.

Mas... iguais.

Precisa-se de pessoas ávidas por aprender e que se orgulhem de absorver o novo.

Pessoas de coragem para abrir caminhos, Enfrentar desafios, criar soluções, correr riscos calculados.

Sem medo de errar.

Precisa-se de pessoas que construam suas equipes e se integrem nelas.

Que não tomem para si o poder, mas saibam compartilhá-lo.

Pessoas que não se empolguem com seu próprio brilho

Mas com o brilho do resultado alcançado em conjunto.

Precisa-se de pessoas que enxerguem as árvores.

Mas também prestem atenção nas magias das florestas.

Que tenham percepção de todo e da parte.

Seres humanos justos, que inspirem confiança e demonstrem confiança nos parceiros.

Estimulando-os, energizando-os, sem receio que lhe façam sombra e sim orgulhando-se deles.

Precisa-se de pessoas que criem em torno de si um ambiente de entusiasmo

De liberdade, de responsabilidade, de determinação,

De respeito e de amizade.

Precisa-se de seres racionais.

Tão racionais que compreendam que sua realização pessoal,

Está atrelada à vazão de suas emoções.

É na emoção que encontramos a razão de viver.

Precisa-se de gente que saiba administrar COISAS e liderar PESSOAS.

Precisa-se urgentemente de um novo ser.

ISAC LIBERMAN

Karen Burns disse...

Meninas queridas,
Não tenho nada grave graças a Deus, mas problemas de coluna são prá derrubar, principalmente quando se sente dor 24 horas por dia. Graças a Deus estou melhor. Obrigado por suas boas palavras e por tanto carinho.
Véra, por favor me mande seu email. Essa mensagem que você me mandou me emocionou por demais.
Um super, mega abraço a voces todas.
Obrigado por tanto carinho,
Grace Karen

Véra disse...

Oi Kare,

Antes de mais nada, quero dizer que acredito que nada na vida é por acaso.
Há meses ando procurando uma receita com manga raglã nas minhas revistas de trico Nina, Mon Tricô e outras dos anos 80 que tenho aqui.
Já andava meio chateada, pois só achei no Ravelry, mas a preguiça de traduzir...
Então de repente, passando por aqui hoje, vi a receita.
Que delícia!
E lá vou eu para mais uma blusa.
O e-mail é v.barone@uol.com.br

"Que o caminho seja brando a teus pés,
O vento sopre leve em teus ombros.
Que o sol brilhe cálido sobre tua face,
As chuvas caiam serenas em teus campos.
E até que eu de novo te veja,
que os Senhores te guardem nas palmas de Suas mãos"

Bênção Druida

Kisses
Véra

Paty disse...

querida, espero que esteja melhor, estou torcendo. nao desanime, apesar de eu tbem estar meio parada....
adorei a foto do kim, uma graça!
beijoca

disse...

Oi, Karen!
Passei para ver as atualizações. Gosto muito de ver esses questionamentos. Moro numa pequena cidade do interior de S.Paulo, onde o básico é difícil de encontrar nos armarinhos. Falar em agulhas importadas, então, a grande maioria desconhece esse vocabulário.
Se me permite, gostaria de dizer que muitas dores no corpo são resultado de somatizações. Cuide dessa parte tb. Afinal, muitos precisam de vc saudável e nós aqui do outro lado da telinha perderemos muito se vc continuar deitadinha cheia de dodói.
Levanta menina! o mundo precisa de vc em ação.
Desculpe a ousadia.
Ótimo final de semana.
Bjs.
Dô.

Janice disse...

Grace!
Amei ver o seu Kinzinho em destaque, tá lindo de viver e seu blog também tá show.
Super beijo,
Janice

Anônimo disse...

Karen melhoras e paciencia, tb tenho problemas de coluna e muitas vezes tenho q deixar a vontade de fazer, apenas para me refazer ...mas dias melhores sempre veem. Bjs. Fabiane Lima

Roberta Granada disse...

Adoro teu blog,interessda em fazer uma troca de links, vc adiciona meu link no teu blog e eu o seu no meu,http://agulhaetricot.blogspot.com/
Espero resposta,beijos

Anônimo disse...

Grace, espero que tudo se resolva quanto as sua coluna. Dôr? ninguem merece.
Tenha uma ótima semana.
Beijoca.
Nilda.
http://meucantin5.blogspot.com/

Adriana Marmo disse...

Oi Grace, tudo bem? Sou editora da Manequim e, como você, tenho dois fiéis escudeiros siameses: o Silvestre e a Diana. O Kim é lindo! Fiquei muito curiosa com uma coisa: como é que você consegue tricotar com o Kim por perto? Quando eu me arrisco a fazer um casaquinho ou cachecol, preciso me trancar no quarto.
um beijo e sucesso para você

Fabiana Tavares disse...

Estou morrendo de saudades, estive distante mas agora voltei e quero dizer que você pode visitar minha mais nova loja na internet: ftartesemoficio.elo7.com.br

Anônimo disse...

"E sabemos que TODAS as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito." Rm8:28

Karen obrigada pela receita! Nao se deixe abater, as lutas vem para nos fazer fortes! "quanto maior é a batalha maior é a vitoria!" esteja bem! Eliane.

Cintia disse...

Karen, acabei de ler essa postagem! Também andei meio sumida, mas por causa da falta de tempo.
Espero que esteja melhor!
O Kim é idêntico a minha Zoe! Muito lindo! Beijos...

Miriam Fabiano disse...

Oi, Karen!! Nossa, cada vez que recebo sua visita fico nas nuvens! É tão gostoso receber a visita de quem a gente admira... Obrigada, vc é sempre gentil.
Eu estava lendo essas últimas matérias e adorei as dicas sobre feltragem. Nunca tentei, mas porque nunca encontrei lã natural enquanto estava no Brasil, nem a Paratapet tinha na cidade. E fiquei feliz por você ter indicado uma opção a mais.
Quanto às agulhas, eu comprei umas Prym aqui, e amei! Realmente são maravilhosas. Tem também as francesas Bohin que comprei de curiosidade e se tornaram imediatamente as minhas preferidas, pela qualidade que ainda não encontrei igual, apesar de ultimamente andar investindo em material de melhor qualidade para manter meu hobby predileto.
Talvez a grande maioria não possa investir dessa forma, masé sempre bom saber das possibilidades, e esses posts tem ajudado muito.
Espero que você melhore logo. Tenho dores constantes e sei que ninguém merece passar por isso.
Beijinhos