terça-feira, 23 de setembro de 2008

Suas agulhas, minhas agulhas, nossas agulhas

( Foto cortesia de Ana Rosa Accenato com uma bela ambientação criada por sua mãe Jane)

De quando em quando o assunto "qual é a melhor agulha de tricô?" é retomado nos grupos de discussão sobre tricô dos quais participo. E também de quando em quando surge a pergunta: é melhor tecer com agulha reta ou circular?
Não vou me ater às agulhas retas pois lá no comecinho deste blog fiz algumas postagens falando a respeito de agulhas de um modo geral.
Costumo sempre dizer que agulha boa é aquela que permite você tecer suas artes sem enrosco e sem brigas com o fio. Agulhas boas são aquelas que cabem no seu orçamento e lhe dão prazer em tecer.
Mais importante que a marca x, y ou z é o conforto para quem tricota. Portanto se você se sente feliz e satisfeita com seus acessórios tricotísiticos, prá que mudar? Só não dá é pra tricotar com agulhas com pontas quebradas ou desgastadas. Então se suas agulhas estão meia-boca e você precisa dar uma melhorada no seu arsenal, antes de sacar o cartão de crédito, dá uma lida na postagem a seguir.
Agulhas plásticas são ótimas para quem está começando, principalmente aquelas com numeração acima de 6,0. Quem começa a tricotar quer ver resultados, padece da ansiedade natural que cerca todo mortal que aprende algo novo. São baratas e podem ser encontradas em qualquer bazar ou loja de armarinhos.
Agulhas de madeira ou bambu são uma ótima opção para quem já tem domínio da ferramenta básica do tricô, costumam ser leves e silenciosas (não fazem aquele barulhinho gostoso tic, tic...) porém se não forem de boa qualidade e com as pontas em ordem, dão muita dor de cabeça e empacam sua arte.
Agulhas metálicas requerem domínio na condução do fio e firmeza na hora de tecer os pontos (firmeza não siginifica tricotar apertado). O fio literalmente desliza na superficie sem encontrar nenhum tipo de barreira física a boa condução da sua trama.
E aí começa a dúvida na hora de comprar, se este for o seu desejo incontrolável.
Hoje o que não faltam são informações acerca deste ou daquele produto. E a maior agitação fica por conta dos kits de agulhas circulares (que também podem ser usadas como agulhas retas flexíveis).
Práticos e compactos, os kits de agulhas intercambiáveis são uma mão-na-roda para quem quer tudo a mão. Porém somente um tipo de kit (até o momento) é encontrato a venda por aqui.
E assim mesmo em pouco lugares.
Este kit é o kit de bambu da Tulip que compreende agulhas que vão de 3,75 a 6,0mm e 4 cabos de 40cm a 1,00m.. O sistema de ligação dos cabos às agulhas é por simples rosqueamento. Não sei informar se são encontrados em outras localidades além de São Paulo, mas por aqui podem ser adquiridos na loja Telanipo e na Tricolândia, a um preço médio ao redor de R$ 160,00. Essas lojas vendem por telefone e entregam para todo o Brasil.
A partir de novembro também será possível comprar aqui no Brasil o kit de agulhas Addi de origem alemã. Porém por enquanto somente o Empório das Lãs está oferecendo o produto a sua seleta clientela. O preço deve ser acima de R$ 300,00. As vendas são por telefone e a loja está aceitando reserva para aquisição do kit. As agulhas são metálicas (alumínio niquelado), com pontas médias e cabos bastante flexíveis em nylon. O sistema de engate nas agulhas é por rosqueamento simples e a numeração das agulhas varia do 3,5 ao 10mm com cabos de 40cm a 1,0m.
Esse novo kit virou a cabeça de muitas arteiras e promete ser a nova sensação no mundo tricotísitco 'high level' e não dispensa uma grife.
As outras opções em termos de kits são o kit Denise (plástico), o Boye Needle Master ( alumínio anodizado e o primeiro kit a ser lançado no mercado a mais de 40 anos) e o Knit Picks de metal (alumínio niquelado) ou madeira.
Infelizmente nenhum destes kit são vendidos aqui no Brasil, mas podem ser adquiridos pela internet no exterior.
Para quem se interessa pelo kit Denise (o xodó das tricoteiras americanas), é bom saber que as agulhas são plásticas e a corda de ligamento é um tubinho relativamente flexível. O sistema de engastamento agulha- cabo é feito por uma espécie de mini engate. A numeração das agulhas segue o padrão americano e vai do 5,0 ao 15 (o que equivale no sistema métrico à agulhas de 4,0 a 10mm). Os comprimentos dos cabos variam de 40 a 80cm sendo possível emendar os fios para obter comprimentos maiores. Com a útilização de terminais que acompanham o kit é possível transformar as agulhas circulares em agulhas retas flexíveis (com comprimentos diferentes). A junção das agulhas com os cabos é lisa e não costuma enroscar em fios mais delicados. Uma excelente opção para quem viaja de avião e não que abandonar seu tricô nem por um segundo. O preço varia de 49 a 54 dólares (o modelo rosa) e pode ser encontrado em muitas lojas online espalhadas pelos USA, Canadá e alguns países europeus. Eu recomendo a compra na loja virtual Alice in Stiches por cobrar um frete absoltamente honesto. Um outro local interessante para a compra é a Spin Blessing que também vende o kit Boye Needle Master e muitas outras tentações....cobrando um valor de frete aceitavel.
O kit Boye Neddle Master é o pioneiro e mais antigo kit no mercado. Suas agulhas são em alumínio anodizado. As pontas são médias, o fio é em nylon pouco flexível. O sistema de engastamento é por rosqueamento a chave (uma chavinha especial que acompanha o kit) . As agulhas não são muito leves porém muito bem acabadas. Quando o rosqueamento do fio à agulha é feito direitinho não há o perigo do fio se soltar enquanto você tece. A numeração das agulhas segue o padrão americano e vai do 2,0 ao 15 (o que equivale no sistema métrico à agulhas de 2,75 a 10mm). Os comprimentos dos cabos varia de 40 a 60cm sendo possível emendar os fios para obter comprimentos maiores. Com a útilização de terminais que acompanham o kit é possível transformar as agulhas circulares em agulhas retas flexíveis (com comprimentos diferentes). O melhor lugar para comprar este kit é no Ebay (tipo de Mercado Livre). Muitas lojas virtuais enviam para o Brasil. Mas é sempre bom ficar atento ao valor cobrado pelo frete. O preço também pode variar bastante começando a 35 dolares e podendo chegar a mais de 70 dolares pelo mesmo produto.

Por último vale lembrar do kit da Knit Picks que é em aluminio niquelado, com pontas finas, sistema de engate por rosqueamento com chave (igual ao Needle Master). Cordas de nylon muito flexíveis e extremanete bem acabadas. Infelizmente a loja da Knitpicks não vende para o Brasil, mas algumas lojas na Europa e Austrália enviam para cá. Aliás essas agulhas parecem ser o xodó das europeias e australianas, depois das agulhas Addi e Inox-Prym. O preço médio é ao redor de 60 dolares. A numeração das agulhas segue o padrão americano e vai do 4,0 ao 11 (o que equivale no sistema métrico à agulhas de 3 a 8mm). O comprimento dos cabos variam de 40 a 80 cm sendo possível emendar os fios para obter comprimentos maiores. Com a útilização de terminais que acompanham o kit é possível transformar as agulhas circulares em agulhas retas flexíveis (com comprimentos iguais, pis o kit vem com 2 cabos de cada comprimento). Existe ainda da mesma Knit Pick a opção em madeira, muito lindas.

Ainda pretendo voltar a este assunto agulhas mais uma vez, mas por hora acredito que com todas as informações que aparececeram por aqui, voces sem dúvida vão contar agulhas à noite ao invés de carneirinhos.

22 comentários:

knittinitis disse...

Muito legal sua análise das agulhas! O KnitPicks agora também tem um kit de agulhas circulares e retas em madeira pintada, muito bonito.

knitterman disse...

ah mas esse post está um luxo..adorei...

Cantinho da Hakathi disse...

Adoro seus comentários, e desta vez vou´colá-los em meu blog.... com os devidos créditos.
Obrigada por sua visita....te espero muitas vezes por lá!!!
Ótima semana pra vc!!!!
Bjão

A Tecelã disse...

Maravilhoso mundo novo...
eu estou pedindo ao meu filho o novo kit Addi, pq ele está na Alemanha, mas se for tão caro assim, vou pedir o Denise, afinal, não sou uma tecelã formada ainda, hehehe.
E voce me deu uma grande ajuda, com esta analise justa e que veio a calhar, nesse mundaréo de informações.
Obrigado Grace, voce é ótima!
Beijos
Marcia

Anônimo disse...

Muito obrigada pela aula!!! Valeu mesmo!!!
Ana Moraes

Glaucia disse...

Obrigada pelas dicas dos kit´s...ai estou a sonhar com agulhas e mais agulhas....he he
beijo aqui do Guarujá...tá frrrrio aki :)

Renata S. P. disse...

Olá Grace!

Vim agradecer e também retribuir a visita.
Gostei muito do teu blog, bem informativo, muito legal mesmo.
Te coloquei na minha lista de blogs.

Mais uma vez, obrigada pelo carinho =D

Grande Beijo!

Marcia Hilleshein disse...

Olá, Grace.
Que post maravilhoso! Quando comecei a tricotar e estava me familiarizando com as agulhas comecei a procurar informações sobre as agulhas circulares, pois queria ter todas as agulhas que precisaria. Demorei muito a descobrir que havia esse tipo de kit e qd descobri não conseguia saber nada sobre eles, e olha q estou sempre vasculhando a net!
Completíssimo e com informações preciosas esse seu post é tudo de bom.
Bjs.

sandra santos disse...

miladyyyy do coração eu espero ainda no mês de Outubro estar tricotando com as minhas denise!!! este não tenho colado post it no ecram do PC do marido para ele não se esquecer de encomendar, como presente de aniversario !!!!

Francisco Castro disse...

Olá, gostei bastante de seu blog. Ele é muito bom.

Parabéns!


Um abraço

Nile e Richard disse...

Olá amiga.Presiso comprar uma série de aulhas novas e seu comentário me ajudou na decisão.Já tricoto a muitos anos e nunca gostei das de metal ou niqueladas teço muito rápido e não gosot do barulhinho das ahulhas e nem pegar nelas.Tenho uma espécie de alergia.Obrigado pelas dicas.Nile.

Miriam Fabiano disse...

Oi, Karen!
Nossa, cada vez que venho aqui tem um jornal pra ler, rsrsrs... Muito legal esse artigo, amei.
Vim mesmo foi agradecer a visita. Obrigada pelo carinho,vc é de ouro!
Beijinhos

Anônimo disse...

Oi Karen,
Fiquei encantada com seu trabalho e as explicações sobre agulhas e fibras extremamente didáticas... Estudo moda e há algum tempo tenho me encantado pela arte do trico porém não consigo encontrar em São Paulo bons fios e tricoteiras para a execução do meu trabalho.. Trabalho normalmente com moulage, e estou a procura de uma tricoteira boa e de confiança para deixar meus trabalhos.. Caso se interesse ou tenha alguma pessoa para me indicar meu e-mail é izabelastarling@gmail.com...
No mais agradeço pelo conteudo do blog...
Izabela Starling

Elba disse...

Uma bela foto e muita informação.
Isso é que é blog bacana!

Judy disse...

Vixe!!! Quanta informação!
Fiquei "cutucada" a trocar minhas velhinhas companheiras... poupança e quem sabe umas famosas ADDI virão morar aqui em casa
Obrigada Milady

Anônimo disse...

Hã,pensando melhor cotinuarei com minhas modestas e fieis"ASLAN"circulares,a mais cara:3,65(real e reais)ao inves de agulhas eu iria amar poder "investir" em lãs importadas...:D!BJS!Taniayeu.

Anônimo disse...

Visitar seu blog é aprender sempre.
Quanta informação!
Beijoca.
Nilda.
http://meucantin5.blogspot.com/

Rebeca disse...

Oi Grace,
adorei as informações sobre os vários tipos de agulhas, agora tenho um comparativo, sendo que as de metal são minhas favoritas ... as que "fecham" melhor comigo! Já pedi um conjunto addi click para meus filhos no natal!
abraços e sucesso!

AP disse...

Adorei seu blog! Muito bem escrito, gostoso de ler e com ele já aprendi muito sobre fios. Já o adicionei aos meus favoritos. Muito obrigada!

Elba disse...

Em virtude do tempo curto, vou copiar este comentário para todas as queridas a quem passei o selinho:
Passe lá no Sal, Mel e Cia e pegue o seu, que lhe foi passado com todo carinho.
Beijos.

Marina disse...

Oi Grace,

Aqui é Marina Pontieri. Eu trabalho com Marketing e desenvolvimento de produto da Aslan Trends ( www.aslan.com.br). Escrevo pois estaremos inaugurando uma seção dentro do site que lista Blogs interessantes de crochê, tricô e artesanato e eu gostaria de sua permissão para incluir seu Blog na lista, te interessa? A idéia é apoiar esta teia de tricoteiras via Net que só tem crescido e ficarmos mais próximos de nossos clientes para saber o que querem, o que não encontram no mercado e o que podemos fazer para suprir estas necessidades. Se você concordar será ótimo tê-la em nossa página.
Agradeço a atenção,
Marina Pontieri (marina@aslan.com.br)

Fabiana Tavares disse...

Bom dia!!! É bom aprender sempre um pouco mais, adorei a postagem!
tenho feito poucas visitas ultimamente, mas tenho justificativas, minha faculdade esteve em greve no final do ano passado e agora, estamos estudando em pleno verão, são muitos livros pra ler, trabalhos para entregar e sobra pouquíssimo tempo para fazer o que gosto, ver as novidades postadas por minhas amigas bloqueiras. Peço desculpas mas sei que você entende... Te desejo um 2009 repleto de realizações e bençãos que tenho certeza, Deus já preparou pra você!
Bjs