terça-feira, 21 de agosto de 2007

Um instante maestro! Com vocês Os blogs de Tricô



Nesta semana em que será comemorado o Dia Nacional de Tricotar em Público, quero lembrar alguns blogs de tricô que temos aqui no Brasil.

Descobri o mundo dos blogs de tricô em 2005 meio por acaso. Buscava inspiração e informações sobre outros assuntos quando me deparei com As Tricoteiras de Sampa (hoje extinto). Li, reli e achei toda aquela conversa girando em torno do tricô simplesmente o máximo. Me interessei em saber quem mais estava envolvido nesta nova maneira de se falar sobre trabalhos manuais. Procura daqui, fuça de lá e me deparei com aquele que costumo chamar de o pai dos blogs 'tricotísticos' na Terra Brazilis: O Montricot que na época me despertou novamente o interesse em tricotar.

Qualquer coisa que se fale sobre o Montricot será pouco mas sem dúvida as abordagens tão diretas da Solange, os cometários sobre os diversos assuntos que ela lançava e lança como debate, com muita propriedade e conhecimento, me fizeram tirar as agulhas do baú, reciclar informações sobre novas ferramentas, livros, fios. Através do Montricot conheci o elegante, mas hoje extinto Tricocheteira da Majô, o informativo e didático O Fio da Meada da Rosi, e o solidário Tricô Solidário da Junia. Aliás,o Tricô Solidário me emociona por sua intensão e propósito.

Não quero ser injusta ao não enumerar um a um (porque o espaço é pequeno) os outros tantos blogs feitos com carinho para entreter, informar, ensinar, levar alento e carinho àqueles que muitas vezes não podem sair de casa e que têm nestas mensagens escritas diariamente, o alento de suas tristeszas e solidões. Mas dá para lembrá-los sempre(veja os links) e visitá-los.

Afinal, o mundo virtual é muito mais real do que se imagina.





11 comentários:

gisele disse...

Querida Milady
Amei o post, as lembranças e as lindas fotos.
Parece que estamos todas juntas há muito mais tempo.
Bjs
Gisele

trichegege disse...

Milady que engraçada que é a vida,hoje quando entrei aquí p/conferir as novidades fiquei emocionada pq de alguma forma eu comecei ou retornei ao aprendizado do tricô p/causa do Montricot, uma hora quando vc vier aquí em casa eu conto p/vc como foi esta história. Geni

Júnia disse...

Pois é, Grace, parece que temos todas uma história muitíssimo parecida de redescoberta e retorno ao tricô pela internet. Eu poderia copiar o seu relato porque ele caberia extamente na minha história: Tricoteiras de Sampa, Montricot, novas idéias, novas modelagens, fios encrementados, blogs, blogs e amizades de infância. Amei. Um beijo.

Anônimo disse...

Pois é. A filha mais nova trabalhava em Piracicaba antes de casar. Lá ela aprendeu a fazer cachecol com uma amiga. Aí me deu uma coceirinha nos dedos para retonar o tricô e tb para poder dar uma mãozinha, sem trocadilho, a ela. Descobri o blog da Solzinha e lá fui eu. O resto vcs já sabem.

Stella

Majot disse...

Adorei estar incluida nesse post tão lindo, nem sei se mereço, mas obrigada amiga!

Te espero na casa nova:
http://majottricot.blogspot.com

Beijos

solange disse...

Essa vida é uma graça, é uma incógnita ... juntar tantas pessoas, dos lugares mais diversos, atraves de um mundo virtual com histórias/necessidades tão parecidas e esse vínculo se tornando tão forte a cada dia que passa. Não é a mera troca de receitas, mas a troca de afeto, atenção, informação, esclarecimento ... amizade.
Bjs.

Júnia disse...

Solange,
É isso que vem me causando uma grata surpresa. Não são apenas trocas de receitas ou informações; as trocas são muitíssimo maiores que isso... Bjs.

Claudia (tricotando2005@yahoo.com.br) disse...

Milady,
É mesmo impressionante ver quantos blogs de tricô e crochê surgiram nos últimos anos! Adorei o seu histórico, e estou adicionando o link do seu blog ao Tricotando.
beijo
Claudia

Cristine disse...

Querida Fuffy Milady
Espero que o dia 25 (Tricô em Publico!) tenha sido ótimo! Aguardo novidades contando tudo aí no blog!
beijos!
Cris

Solange disse...

Uia, e eu que podia jur-rar que já tinha comentado aqui!
Grace, muuuuito agradecida pela gentileza. Você não existe! (E o post sobre as agulhas está show)

Valesca disse...

Oi Grace,

Depois dos seu post vou organizar melhor minhas agulhas.
A parte boa de ir para o Rio é o espaço. Vá eu posso brincar e ter onde guardar tudo.
Detalhe da manta linda da Solange (8x14). É isso mesmo??
Beijos