terça-feira, 28 de agosto de 2007

As ferramentas modernas - Primeira parte

Esquecidas por algum tempo, pelo menos aqui no Brasil, as agulhas circulares vêm ganhando espaço entre as tricoteiras e arteiras dia após dia. Por sua versatilidade, praticidade e boa durabilidade, muita gente já abandonou as agulhas retas tradicionais e usa as agulhas circulares para tecer tudo.

Mas o que é uma agulha circular? Explicando de uma maneira bem simplificada, a agulha circular nada mais é do que 2 pedaços de agulha normal ligados por um fio. E alguém de repente vai perguntar, e só serve prá tecer em círculo? A resposta é não. Dá prá tecer o tricô reto ou aberto também. É só imaginar que cada ponta da agulha é uma agulha inteira e quando chegar ao final da carreira, ao invés de se fechar o círculo, vira-se o trabalho e continua a tecer normalmente. A numeração quanto a espessura é a mesma das agulhas retas, mas o fio de ligação entre elas varia de 40cm a 1,50 m. Até alguns anos atrás a Pinguoin distribuia agulhas circulares através da marca Pastifama.

Muitas veteranas antenadas no que rola do mundo das agulhas do tricô são literalmente apaixonadas por determinadas marcas ou tipo de agulhas circulares que são vendidas no exterior. O grande xodó é o Kit Denise e as agulhas Addi (estas também conhecidas como as "Ferraris" do tricô, apesar de serem alemãs). Eu vou mais além e incluo nesta lista o Boye Neddle Master Kit.

O Kit Denise e o Needle Master seguem o mesmo princípio de funcionamento: agulhas intercambiáveis. São encontradas em estojos compostos por várias agulhas de espessuras diferentes, e vários cabos com terminações em rosca que serão atadas as agulhas. Você consegue montar a agulha de acordo com a sua necessidade. No kit Denise as agulhas são de plástico e no Needle Master são de metal.

As famosas agulhas Addi são em liga de bronze revestidas com uma camada niquelada da melhor qualidade. As juntas da agulha com o fio são perfeitas e você jamais ficará irada com um trabalho 'engasgado' na agulha porque a junta enrosca o fio, ou a ponta da agulha é grossa demais para você tecer o próximo ponto.

Existem também ótimas agulhas de bambu japonesas (Clover), e em alumínio pintado da Prym ou Inox só para dar alguns exemplos.

E para quem não pode ou não que gastar com esta parafernália importada tem alguma solução nacional?

Depois de muita luta para encontrar esta preciosa ferramenta por aqui, finalmente alguns distribuidores de fios resolveram importar agulhas da China. A Aslan e a Coats Corrente estão importando agulhas de alumínio pintado, de qualidade razoável, porém os comprimentos são restritos. A numeração vai do 3,0 ao 8,0mm com comprimento variando de 40 a 60cm. Este comprimento é medido de ponta a ponta das agulhas (Aslan) No caso da Coats as agulhas só vão até o número 6,0mm .

A Telanipo tem um estojo de agulhas intercambiáveis de bambu importado do Japão a um preço salgado e a Armarinho.com têm agulhas de madeira (artesanal) nas espessuras maiores. Estou em fase de pesquisa para descobrir mais algum fabricante ou distribuidor aqui no Brasil. Aguardem notícias.

Resta ainda a alternativa de se fazer as próprias agulhas. Para quem for habilidosa, é só dar uma olhada no Blog da Geny . Ela fez sua próprias agulhas e parece que ficaram ótimas.

Por fim, uma dica para utilização e conservação das agulhas. Quando tirar a agulha da embalagem, antes de usar, dê uma amaciada no fio, mergulhando em água quente por alguns instantes e depois pendurando a agulha na maçaneta da porta (esta dica ótima está no blog da Sandy).Procure guardar suas agulhas em saquinhos etiquetados com o respectivo número e comprimento (aqueles saquinhos tipo zip loc são ótimos e bem resistentes). Se não for usá-las por algum tempo, não esqueça de lubrificá-las com óleo para bebês, principalmente nas juntas do fio com a agulha. O óleo para bebês é perfeito pois não contém solventes que poderiam afetar o plástico do fio, reduzindo sua resistência.

Denise Interchangeable Knitting Needles

Boye Needle Master

O assunto sobre agulhas circulares é extenso, interessante e até certo ponto m pouco polêmico, porisso vou parar por aqui, esperando seu comentário ou dúvida.




11 comentários:

solange disse...

Milady, muito obrigada pelos esclarecimentos, pelo didatismo da informação; ainda não perdi a esperança de possuir um kit desses.
Bjs.

Anônimo disse...

Grace,
muitas americanas tem comprado o kit da KnitPicks, pois ele se assemelha as agulhas da Addi. No entanto, como eles nao enviam para o exterior, o pessoal daqui acaba comprando mesmo o Denise. Eu pessoalmente nao gosto de agulha reta, e faço tudo com circular, pois o peso do trabalho fica no colo e nao nos braços. Ag circulares sao caras, e achoq ue foi um excelente investimento ter adquirido o kit Denise, me salva na maioria das situacoes.
bj
paty ballarin

India disse...

Querida Milady,
Muuuito obrigada por todas as dicas.
Estou amando o seu blog. Ele está preenchendo uma grande lacuna: a do conhecimento. Não basta apenas sabermos pontos e mais pontos. Precisamos aprender mais sobre ferramentas, acessórios, medidas, e toda a parafernália que contribui para que os trabalhos fiquem ainda melhores.
Grande beijo
India

Simone disse...

Olá Millady,

Seu blog é muito interessante e didático.
Adorei as sugestões.
Já add aos meus favoritos.
Beijos no coração

Ana disse...

Por gentileza, vc sabe onde vende o kit Denise? É através de site?
Obrigada
Ana Moraes
amoraes@eletrosul.gov.br

gisele disse...

Querida Milady
Depois que você e a Solange Cristiny me apresentaram às agulhas circulares, não consigo mais usar as agulhas retas. Ainda terei meu jogo Denise.
Adorei a dica do óleo de bebê. Está devidamente anotado.
Adoro ler seus textos.
Beijo grande
Gisele

Anônimo disse...

Valeu, Milade!
Seu texto está muito objetivo. Uma aula. Continue, que eu estou no teu pé.

Stella

Jana disse...

Nosaa Milady, seu blog é tudo de bom. Realmente estava faltando um blog que nos desse dicas tão maravilhosas.E eu amo as ag. circulares. Tenho a esperança de ter um kit denise.Bjs.

Júnia disse...

É, Grace, depois que li esse texto estou mais que convencida de que a apostila vai ter que sair. Ah, vai! Bjs, querida. Ah, acho que agora vou me arriscar numa circular...

Miriam disse...

Maravilhosas!!!!
Suas últimas duas postagem devem ser arquivadas e deveriam fazer parte de um glossário!!!
Estou aguardando ansiosa a continuação.
Pena que você não faz muito crochê para nos explicar também sobre elas.
Mas muito obrigada por compartilhar tudo isso com a plebe!
1000Beijos
Miriam

Claudia H disse...

Amei a idéia para desenrolar as agulhase corserva-las melhor.
Ainda vou ter um kit Denise, ele é meu sonho de consumo.
B-jos
Claudia H.